fbpx
Ir ao topo

Persona e Público alvo é a mesma coisa?

Conheça as Diferenças entre Persona e Público Alvo

 

Você conhece o significado dos termos persona e público-alvo e consegue apontar as diferenças entre eles?

Conhecer bem estes dois conceitos é fundamental e irá ajudar a sua empresa na manutenção de um relacionamento mais assertivo com o seu público alvo. Um dos principais pontos para que uma estratégia de marketing obtenha sucesso está relacionado ao conhecimento adequado do público que se pretende atingir, é exatamente neste ponto que entram os conceitos de público-alvo e de persona que iremos abordar neste artigo.

 

O que é público-alvo?

O público-alvo é a definição, uma espécie de categorização do público que os produtos de uma empresa e consequentemente a sua campanha de marketing pretende atingir.

Para ilustrar melhor esta definição, vamos a um exemplo prático: Digamos que você seja o proprietário de uma loja de autopeças e pretende fazer uma campanha de marketing para melhorar a visibilidade do seu negócio e consequentemente aumentar as vendas, qual seria o seu público-alvo?

A sua campanha de marketing terá mais sucesso ao ser direcionada a proprietários de veículos e mecânicos automotivos, pois estas são as pessoas que estão em busca dos produtos que a sua empresa tem a oferecer. Não seria útil por exemplo que essa propaganda atingisse o público infantil, não é mesmo? Agora, ficou mais fácil de compreender a importância deste conceito!

 

O público-alvo costuma ser definido através de informações, como:

  • Estado Civil
  • Nível de Escolaridade
  • Gênero
  • Hábitos de Consumo
  • Idade
  • Profissão
  • Região Geográfica
  • Entre outros

 

Apesar de ser uma excelente ferramenta de marketing, apenas a definição de um público-alvo não alcança toda a eficiência esperada de uma campanha bem estruturada. É preciso ir um pouco mais além, surgindo então a persona.

 

O que é persona?

Na busca por maiores detalhes a respeito do público-alvo, surgiu a persona.

A persona é na verdade um perfil fictício do cliente ideal para uma empresa. O seu objetivo é conhecer melhor o cliente e entender o que ele realmente precisa. Ao atingir diretamente uma necessidade do cliente as chances de sucesso nas estratégias de marketing aumentam consideravelmente.

Na montagem da persona, considera-se todas as informações do público alvo, porém acrescidas de mais detalhes, como por exemplo:

  • Nome fictício
  • Breve história sobre o dia a dia da persona
  • Estilo de vida
  • Valores
  • Redes sociais favoritas
  • Hobbies
  • Necessidades relacionadas ao produto
  • Dúvidas
  • Desejos

 

Ao criar uma persona, a equipe de marketing acaba se colocando no lugar do cliente, entendendo melhor as suas necessidades e portanto possibilitando o direcionamento de estratégias de marketing mais eficientes.

Vamos agora, a um exemplo de persona: Rodrigo, tem 35 anos, mora em São Paulo e é gerente de desenvolvimento em uma grande empresa de tecnologia, o seu salário é de aproximadamente R$ 10 mil. As suas principais redes sociais são o LinkedIn e o Instagram. Nas horas vagas, Rodrigo que é casado e possui dos filhos gosta de viajar com a família.

Como podemos, observar na persona a riqueza de detalhes torna-se maior, melhorando assim o foco das estratégias de marketing.

Gostou deste conteúdo? Então, continue acompanhando o nosso blog 🙂

Publicar um comentário